fbpx

Já sentiu o síndrome pós-férias?

abatimento-roda-hamster-wheell

Existem momentos no ano em que surge uma vontade genuína de fazer algo diferente, uma vontade de agir, ser arrojado, concretizar os nossos sonhos, ser mais saudável, e até alguma vontade de mudar o mundo.
Normalmente esta vontade surge associada a épocas importantes (passagem de ano, aniversários, férias, …). Nesses momentos o nosso nível de endorfinas está elevado, e dizemos frases tipo para mostrar como estamos decididos:

“Neste ano é que vai ser”,   “Próximo mês vou…”,   “Tem mesmo que ser”,   “Ou vai ou racha!”.

Mas (existe sempre um mas) depois surge o que na IDTraining chamamos de: Síndrome da Rodinha do Hamster, sobretudo no perídodo pós-férias.
Ainda cheios de vontade, apercebemo-nos que à nossa volta tudo continua igual, temos as mesmas tarefas, as mesmas rotinas e o entusiasmo vai diminuindo, diminuindo, diminuindo até que a tal vontade em vez de se transformar em ação, transforma-se em procrastinação. É nesse momento que o síndrome ‘pós-qualquer-coisa’ surge mais rapidamente que um adolescente a partilhar uma foto numa rede social.

Ainda tem uma réstia de vontade? Parabéns, ela ainda se pode transformar em ação e uma das formas de o fazer é através de um processo de coaching (leia o artigo).

Muitas vezes ouvimos que o coaching é “levar o cliente (coachee) do ponto A ao ponto B”.
Parece-nos uma definição redutora face ao potencial que o processo tem. Mas como existem mais definições de coaching do que átomos numa gota de água, nada melhor do que saber o que clientes que fizeram o processo com a IDTraining, dizem:

“Sem dúvida que foi o que me faltava para dar o “clique”, construímos uma nova forma de pensar, sentir e agir. (…) ajudou-me a fazer ver as minhas potencialidades, a quebrar limites, encontrar novos caminhos. Foi um caminho repleto de descobertas, estabelecemos objectivos específicos, desenvolvemos estratégias para alcançar esses objectivos, alem de fazer com que realizasse mudanças significativas que efectivamente passaram a fazer sentido para a minha pessoa.
Podem ser objectivos profissionais, pessoais, relacionamentos, saúde… eu foquei-me na área profissional e hoje posso dizer que a oportunidade surgiu!” – Vítor Cruz, Técnico de Futebol

Mais testemunhos

Estou disponível para numa sessão sem compromisso percebermos se faz sentido iniciar um processo de coaching.  → ana.alves@idtraining.pt

Iniciar Conversa
Podemos ajudar?
Chat ID Training
Olá!
Escreva a sua questão e iremos responder o mais brevemente possível!